DIFOTI

A transiluminação óptica foi elevada a outro nível com um instrumento chamado DIFOTI para a detecção precoce do esmalte desmineralizado. Está comercialmente disponível como um sistema do Electro-Optical Sciences, Inc. para seu uso clínico. Schneiderman et al.20 publicaram os resultados in vitro que mostram uma maior sensibilidade que a radiografia da aleta de mordida para a cárie incipiente. Keem e Elbaum21, utilizando dados in vitro, concluíram que, comparado com a radiografia, DAFOTI era superior porque «não usava radiação ionizante, não tinha filme, o diagnóstico era em tempo real e tinha maior sensibilidade na detecção de lesões incipientes que não se vêem com radiografias». Young22 revisou o DIFOTI e o DIAGNOdent com relação aos seus usos clínicos e possibilidades na detecção e o tratamento precoce da cárie.

IMG
IMG
IMG
IMG