Formulações de epinefrina entre os 300 principais medicamentos

O DrugStats usa sinônimos e sais de medicamentos genéricos para agregar todas as formulações de epinefrina.2 Com base nos sistemas de administração dessas formulações, os medicamentos foram prescritos para “autoadministração” por pacientes (ou cuidadores) em ambientes ambulatoriais (Tabela 1). A maioria das formulações de epinefrina no banco de dados de 2014 foi de autoinjetores indicados para administração intramuscular (IM) no tratamento de emergência de reações alérgicas do Tipo I, ou seja, anafilaxia.

Tabela 1. Formulações prescritas que contêm epinefrina nos 300 Principais Medicamentos Prescritos de 2017.2
Sinônimos e sais de medicamentos genéricos* Mecanismos de ação Indicações
Epinefrina

Cloridrato de epinefrina

Bitartarato de epinefrina
Agonismo dos alfa (α) e beta (β)-adrenoceptores Reações alérgicas do Tipo I

Asma leve e intermitente

Broncoespasmo reversível associado a doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC)
*Os nomes de marca nos dados originais (MEPS) incluíam Adrenaclick, Adrenalin, Auvi-q, Bronkaid Mist, Epi E Z Pen Jr, Epi E Z Pen, Epipen Jr., Epipen, Primatene Mist, Sus-phrine Sulfite Free, Twinject 0.15 e Twinject 0.3. Alguns desses produtos não são mais comercializados ou são prescritos com pouca frequência.

Alguns dos medicamentos (Bronkaid Mist, Primatene Mist e Sus-phrine Sulfite Free) foram formulados para entrega por inaladores dosimetrados (MDIs) destinados ao tratamento de asma leve e intermitente e como medicamento de resgate no tratamento de asma aguda. No entanto, em 2012, a FDA começou a eliminar progressivamente os MDIs com propelentes à base de clorofluorcarbono (CFC), uma substância que prejudica a saúde pública e o meio ambiente ao destruir o ozônio na atmosfera superior.4

As formulações de epinefrina em MDIs que estavam disponíveis em 2014 para o tratamento sintomático da asma aguda e da DPOC não estão mais disponíveis comercialmente nos Estados Unidos.4 Hoje, o albuterol nos MDIs (um agonista não catecolamínico, de inalação oral, ação curta e fortemente seletivo de adrenoceptor β2) é a base do tratamento da asma leve e intermitente e como medicamento de resgate no tratamento de exacerbações agudas da asma e da DPOC.5,6