Dentalcare.com.br

Farmacocinética da epinefrina

A epinefrina é bem absorvida e tem rápido início de ação após a administração parenteral, por exemplo, quando injetada em combinação com ALs ou quando administrada por via IM no músculo vasto lateral (ou seja, no aspecto anterolateral da coxa) usando um autoinjetor.4 Após a administração com ALs, a epinefrina atinge concentrações plasmáticas máximas em 5 a 10 minutos; ao usar um autoinjetor, ela atinge as concentrações plasmáticas máximas em 8±2 minutos.4,10-13

A epinefrina é distribuída para a maioria dos tecidos: atravessa a placenta, é secretada no leite, mas não atravessa a barreira hematoencefálica.4 A epinefrina é rapidamente eliminada do fluido extracelular por absorção em neurônios pós-ganglionares simpáticos, onde é principalmente armazenada; e pela absorção nas células hepáticas, onde é inativada principalmente pela catecol-O-metiltransferase e monoaminoxidase e excretada na urina.4 A meia-vida de eliminação da epinefrina é de ≈2 minutos.14