Aspecto Clínico, Sondagem, Sangramento e/ou Supuração

Sinais de mucosite peri-implantar são semelhantes aos da doença gengival. Na mucosite, a cor do tecido mole muda de rosa pálido para mais vermelho, ou pode até parecer azulada ou cianótica (Figura 5A). O edema da margem gengival pode se apresentar laminado ou espessado, e não em fio de navalha (Figura 5B). A papila interdental pode parecer embotada (Figura 5C). Sangramento espontâneo ou sangramento à sondagem e/ou supuração pode ser observado.

Figura 5A.
Foto mostrando gengiva cianótica.
Observe a gengiva cianótica.
Figura 5B.
Foto mostrando a espessura da margem enrolada ao redor do implante.
Observe a espessura da margem laminada ao redor do implante.
Figura 5C.
Fotos mostrando papila bulbosa vermelha, com sangramento espontâneo, distal ao implante número 8.
Observe papila bulbosa, vermelha, com sangramento espontâneo, distal ao implante número 8.

A sondagem com força leve tradicional (0,25N) protege os tecidos moles adjacentes. O uso de uma sonda de plástico protege a superfície do implante de arranhões. O aumento das profundidades de sondagem, especialmente com sangramento e/ou supuração, quando comparado com a sondagem de linha de base (quando a restauração final foi colocada) pode ser útil no diagnóstico precoce. No entanto, o aumento das profundidades de sondagem e a presença de sangramento e/ou supuração não distinguem entre a mucosite peri-implantar e a peri-implantite.8