HTN do jaleco branco

A hipertensão do jaleco branco (white coat hypertension, WCH), caracterizada por elevação transitória da PAS de até 20 mmHg e elevações da PAD de até 10 mmHg, é precipitada por uma vigorosa resposta simpática ao ambiente médico ou odontológico. A incidência de WCH na população geral é desconhecida com estimativas na faixa de 12% a 50%. Há uma escassez de informações disponíveis sobre o número de pacientes com WCH que, por fim, desenvolvem HTN inequívoca, no entanto, a WCH é observada em cerca de 20% a 35% dos pacientes diagnosticados com HTN.12 Muitas autoridades acreditam que os pacientes com WCH estão em risco de eventos cardiovasculares graves. Consequentemente, encaminhamento médico é indicado para avaliação médica completa a fim de descartar fatores de risco para CVD e a presença de lesão em órgão-alvo. Visto que a PA tem um ritmo “circadiano” reprodutível, pacientes com HTN e nenhuma lesão em órgão-alvo e com suspeita de WCH são candidatos ao monitoramento ambulatorial da pressão arterial (MAPA).12