Diagnóstico

A PA elevada é chamada de “assassino silencioso”, pois muitas pessoas não percebem que têm o problema até que a HTN as coloque em risco de doença cardíaca, acidente vascular cerebral, insuficiência renal crônica, doença vascular periférica e retinopatia12

O diagnóstico de HTN primária é baseado na evidência de elevação da PAS e/ou PAD na ausência de causas secundárias. O sétimo comitê nacional conjunto de detecção, avaliação e tratamento da hipertensão arterial (Seventh Joint National Committee on Detection, Evaluation and Treatment of High Blood Pressure, JNC-7) fornece uma classificação de PA para adultos com idade igual ou superior a 18 anos (figura 3). 12

Quando a PAS e a PAD se enquadram em categorias diferentes, a categoria mais elevada é usada para determinar as estratégias de tratamento. A classificação inclui a categoria de “pré-hipertensão” para aqueles indivíduos com PA variando de 120/80 a 139/89 mmHg. A pré-hipertensão não é uma categoria de doença.12 Em vez disso, é uma designação destinada a identificar indivíduos que necessitam de modificações de estilo de vida que promovam a saúde para reduzir o risco de desenvolver HTN.

Tabela 2. Estilo de vida e fatores de risco cardiovascular e lesão em órgão-alvo.12
Classification of blood pressure for adults aged 18 or older

A avaliação básica recomendada para pacientes com PA elevada inclui avaliação do histórico médico, exame físico e testes laboratoriais de rotina.12 A avaliação médica de pacientes com PA elevada documentada tem 3 objetivos:

  1. Avaliar o estilo de vida e identificar outros fatores de risco cardiovascular ou outros distúrbios concomitantes que possam afetar o prognóstico ou as estratégias de tratamento (tabela 2).
  2. Descobrir causas identificáveis de PA elevada (tabela 1).
  3. Avaliar a presença ou ausência de lesão em órgão-alvo (tabela 2).12
Tabela 2. Estilo de vida e fatores de risco cardiovascular e lesão em órgão-alvo.
Estilo de vida e fatores de risco cardiovascular Lesão em órgão-alvo
  • HTN
  • Idade, isto é, homens > 55 anos, mulheres > 65 anos
  • Diabetes mellitus
  • Colesterol LDL elevado ou colesterol HDL baixo
  • GFR [glomerular filtration rate (taxa de filtração glomerular)] estimada < 60 ml/min
  • Histórico familiar de CVD [cardiovascular disease (doença cardiovascular)], isto é, homens < 55 anos, mulheres < 65 anos
  • Microalbuminúria
  • Obesidade, isto é, IMC ≥ 30 kg/m22
  • Sedentarismo
  • Uso de tabaco, especialmente cigarro
  • Coração
    • Hipertrofia ventricular esquerda
    • Angina/MI [myocardial infarction (infarto do miocárdio)] anterior
    • Revascularização coronária prévia
    • Insuficiência cardíaca
  • Cérebro
    • Acidente vascular cerebral, ataque isquêmico transitório
    • Demência
  • Doença renal crônica
  • Doença arterial periférica
  • Retinopatia