Dentalcare.com.br

Terapia da Bolsa Periodontal

Todos os quatro principais comprimentos de onda do laser dental têm sido utilizados para o tratamento da doença periodontal. Diodos, Er:YAG, Nd:YAG e dispositivos de CO2 de vários fabricantes receberam aprovação da FDA para desbridamento sulcular, definido como remoção de tecido mole doente ou inflamado na bolsa periodontal para melhorar os índices clínicos, incluindo índice gengival, índice de sangramento gengival, profundidade da sonda, nível de inserção e mobilidade dentária. Em 2004, a Millennium Dental recebeu autorização da FDA para o Procedimento Nd:YAG LANAP® (novo procedimento assistido por laser – inserção de ligamento periodontal mediada por cemento à superfície da raiz na ausência de epitélio juncional longo). Os lasers de Nd:YAG e de érbio têm sido os comprimentos de onda mais estudados e utilizados na terapia periodontal. Os lasers Nd:YAG são úteis no cuidado periodontal pois sua afinidade pelo pigmento possibilita desbridamento seletivo do epitélio sulcular doente. O comprimento de onda do Nd:YAG também é bactericida, bioestimulante e tem a capacidade de estimular a formação de fibrina com os parâmetros apropriados. Os lasers de érbio demonstraram ser eficazes na raspagem e no aplainamento radicular, na descontaminação efetiva das bolsas e podem substituir os bisturis quando as incisões são necessárias. Uma vantagem notável para as técnicas de laser é uma experiência pós-operatória previsivelmente mais confortável para os pacientes.