Dentalcare.com.br

Processo de cárie e estratégias de prevenção: Diagnóstico
Critérios de diagnóstico para detecção de cárie radicular e avaliação da atividade da lesão da raiz

Autor do curso: Amid I. Ismail, BDS (Bacharel em Ciências Odontológicas), MPH (Mestre em Saúde Pública), MBA (Mestre em Administração de Empresas), DrPH (Doutor em Saúde Pública)

Critérios de diagnóstico para detecção de cárie radicular e avaliação da atividade da lesão da raiz

  • Para fins de detecção de cárie radicular, recomenda-se a remoção de cálculo e placa.
  • As características da base da área descolorida na superfície da raiz podem ser usadas para determinar se a lesão de cárie radicular está ativa ou não.
    • Essas características incluem textura (lisa, áspera), aparência (brilhante ou reflexiva, fosca ou não reflexiva) e percepção da textura ao passar a sonda suavemente (macia, semelhante a couro, dura).
    • Lesões ativas de cárie radicular geralmente estão localizadas a 2 mm da crista da margem gengival.
Os critérios de avaliação para a cárie radicular são os seguintes
Tabela 5. Análise dos critérios de avaliação da cárie radicular.
Código Critérios de avaliação
E Se, por qualquer motivo, uma superfície radicular não puder ser visualizada diretamente ou com a ajuda de secagem suave com ar, o código E (excluído) poderá ser registrado na ficha odontológica.
0 A superfície da raiz não exibe nenhuma descoloração incomum que a distinga das áreas adjacentes ou circundantes da raiz nem apresenta defeito na superfície na junção cemento-esmalte ou totalmente na superfície da raiz. A superfície da raiz tem um contorno anatômico natural.
OU
A superfície da raiz pode exibir uma perda definitiva de continuidade da superfície ou do contorno anatômico que não é consistente com o processo de cárie dentária. Essa perda de integridade da superfície geralmente está associada a influências ou hábitos alimentares, como abrasão ou erosão. Essas condições geralmente ocorrem na superfície vestibular (labial). Essas áreas geralmente são lisas, brilhantes e duras. A abrasão é caracterizada por um contorno claramente definido com uma borda afiada, enquanto a erosão tem uma borda mais difusa. Nenhuma condição mostra descoloração.
1 Existe uma área claramente demarcada na superfície radicular ou na junção cemento-esmalte que está descolorida (marrom clara/escura, preta), mas não há cavitação (perda do contorno anatômico).
2 Existe uma área claramente demarcada na superfície radicular ou na junção cemento-esmalte que está descolorida (marrom clara/escura, preta) e há cavitação (perda do contorno anatômico ≥ 0.5 mm).

Além do uso desses critérios de diagnóstico para avaliar tanto a cárie coronal quanto a radicular, o sistema ICCMS™ exige uma avaliação das superfícies em torno das restaurações e selantes, para garantir que nenhuma superfície seja negligenciada. Outro importante aspecto de diagnóstico do sistema ICCMS™ é a avaliação do biofilme, especialmente no que diz respeito à sua localização e espessura. Os dados indicam que a infecção por cárie dentária ocorre devido a uma mudança na ecologia microbiana na cavidade bucal. Os dados sugerem ainda que há aumento do risco de cárie associado ao acúmulo de placa/biofilme. Portanto, uma avaliação continuada do biofilme é recomendada para monitorar qualquer alteração significativa que possa indicar a atividade da lesão.