Processo de cárie e estratégias de prevenção: Diagnóstico
Conclusão

Autor do curso: Amid I. Ismail, BDS (Bacharel em Ciências Odontológicas), MPH (Mestre em Saúde Pública), MBA (Mestre em Administração de Empresas), DrPH (Doutor em Saúde Pública)

Conclusão

À medida que foi sendo reconhecido que os sinais do processo de cárie são um contínuo fisiológico que varia da microporosidade à cavitação, o diagnóstico da lesão de cárie mudou, de forma importante, o foco apenas da cavitação (e do reparo cirúrgico caro e demorado) para a identificação dos primeiros sinais de desmineralização, permitindo a intervenção não cirúrgica. Para esse fim, foram feitas melhorias nos métodos atuais de diagnóstico. A abordagem do ICCMS™ representa a mais atual no diagnóstico e manejo de lesões de cárie. Trata-se de uma abordagem dinâmica que está aberta a mudanças à medida que novas informações são disponibilizadas. Mais pesquisas e avanços na classificação de lesões de cárie podem continuar a melhorar o diagnóstico, embora alguns especialistas alertem contra as consequências do diagnóstico cedo demais da atividade de cárie.

Vídeo 2 Início e progressão da lesão de cárie (animação).