Redução no pH da Placa

Após a exposição da placa dentária a carboidratos fermentáveis, o pH cai rapidamente. Isso se deve principalmente à produção de ácido láctico na placa, com a perda simultânea dos ácidos acético e propiônico da placa.6,10 A taxa de queda do pH se deve em parte à composição microbiana da placa dentária. Em geral, se mais bactérias acidogênicas e acidúricas estiverem presentes na placa, o pH diminuirá mais rapidamente. A taxa de queda do pH também depende da velocidade com que as bactérias da placa são capazes de metabolizar o carboidrato da dieta. Enquanto a sacarose é metabolizada rapidamente, provocando uma diminuição mais rápida, moléculas grandes, como de amido, se difundem na placa mais lentamente, porque precisam ser quebradas antes de serem assimiladas pelos micróbios da placa.6 Outro fator que afeta a taxa de diminuição do pH é a capacidade de tamponamento da saliva não estimulada.6,11 A taxa de queda do pH da placa também é influenciada pela densidade da placa. A placa bacteriana menos densa pode ser penetrada pela saliva e o oxigênio, que causam tamponamento, produzindo uma queda mais lenta do pH do que a placa muito densa, que não pode ser acessada pela saliva e pelo oxigênio.6,12