Dentalcare.com.br

Conceitos Atuais em Odontologia Preventiva
Manejo Oral do Paciente com Câncer

Autor do curso: Connie M. Kracher, PhD, MSD

Manejo Oral do Paciente com Câncer

Controle de Placa Bacteriana

Enfatize a remoção diária da placa para reduzir os microrganismos. A imunidade do paciente será comprometida e há um potencial para efeitos colaterais orais associados à terapia para o câncer. As instruções para escovação de dentes incluem o uso de uma escova de dentes macia ou extramacia; um dentifrício aromatizado pode não ser tolerado, mas o flúor é essencial. Os enxaguatórios bucais incluem solução salina para umedecer a mucosa, além de produtos de venda livre que tratam a mucosite oral. A lavagem com gluconato de clorexidina também pode ser recomendada devido a suas propriedades antibacterianas, se tolerada pelo paciente. Os enxaguatórios bucais comerciais que contêm álcool devem ser evitados. Existem vários produtos substitutos da saliva disponíveis com isenção de prescrição, p.ex., sprays e géis Biotene umedecem a mucosa dando conforto ao paciente. Eu recomendo os géis mais viscosos à noite e os sprays durante o dia. No entanto, os pacientes podem usar o gel durante o dia para umedecer os tecidos da mucosa.

Cuidados Domiciliares e Terapias Profissionais com Flúor

A terapia diária com flúor é indicada para pacientes prestes a serem submetidos à radioterapia de cabeça e pescoço, se as glândulas salivares estiverem no campo da radiação. Faça moldagens e fabrique uma placa com flúor personalizada, aconselhe o paciente a aplicar a placa personalizada com prescrição de gel de fluoreto de sódio de 5.000 ppm nos dentes por 5 a 10 minutos, uma vez ao dia. Aconselhe o paciente a não comer, beber ou enxaguar por 30 minutos após a aplicação de flúor. Recomenda-se a aplicação frequente de verniz de fluoreto de sódio no consultório.

Instruções Dietéticas

Instrua o paciente na preparação de alimentos. Evite alimentos altamente cariogênicos, p.ex., carboidratos e também alimentos condimentados. Uma dieta mole e suave é recomendada. A água é recomendada durante todo o dia para umedecer a cavidade oral. Os substitutos da saliva também são recomendados para diminuir o risco de cárie. Consulte o site da NIH (NIH website) para pacientes com câncer.

Evite Produtos com Álcool e Tabaco

Se seu paciente usa produtos de tabaco, uma etapa lógica para o paciente com câncer é iniciar o aconselhamento sobre a cessação do tabaco. Os cigarros eletrônicos nos EUA aumentaram nos últimos anos. Em 2015, mais de 1/4 dos alunos das séries 6 a 12 e mais de 1/3 dos jovens adultos haviam experimentado cigarros eletrônicos. O Relatório do Cirurgião Geral dos EUA de 2016 sobre o uso de cigarro eletrônico entre três faixas etárias: adolescentes jovens (11 a 14 anos), adolescentes (15 a 17 anos) e adultos jovens (18 a 25 anos) é o primeiro relatório federal a abordar de maneira abrangente o problema de saúde pública dos cigarros eletrônicos. Consulte Tobacco 101: A Guide to Working with Nicotine Addicted Patients (Tabaco 101: Um Guia para Trabalhar com Pacientes Viciados em Nicotina) e and Electronic Cigarettes the Past, Present and Future (Cigarros Eletrônicos no Passado, Presente e Futuro) em dentalcare.com para obter cursos de formação continuada sobre programas de cessação do tabaco. Alguns dos sites educacionais voltados para pacientes mais comuns que os cirurgiões-dentistas e médicos usam: Tópicos de saúde bucal da ADA - Tabagismo e cessação do tabaco, CDC Parar de fumar, cigarros eletrônicos do CDC, Smokefree.gov e American Cancer Society Como parar de fumar ou fumar sem tabaco. Para sites nacionais sobre álcool e câncer, o NIH e os CDC têm materiais educativos sobre álcool e câncer. Existem vários estudos sobre o câncer de esôfago e a combinação do uso de álcool e tabaco.