Dentalcare.com.br

Conceitos Atuais em Odontologia Preventiva
Dieta e cárie dentária

Autor do curso: Connie M. Kracher, PhD, MSD

Dieta e cárie dentária

Introdução

S. mutans ingere carboidratos fermentáveis, criando o ácido lático do produto final. O ácido então diminui o pH da placa. Da mesma maneira, qualquer alimento ou bebida que contenha carboidratos fermentáveis, consumidos por um período prolongado ou com maior frequência terá o mesmo efeito. As frutas em geral tendem a ter baixo potencial cariogênico, com exceção de frutas secas e certas frutas frescas. Maçãs, bananas e uvas contêm 10-15% de açúcar, frutas cítricas 8% e frutas vermelhas e peras apenas 2%. Embora as frutas cítricas sejam ricas em água, estimulem a produção de saliva e forneçam uma excelente fonte de vitamina C, elas podem potencialmente corroer o esmalte dos dentes se consumidas em grandes quantidades por um longo período de tempo