Gravidez

A gravidez é um período na vida da mulher que exige necessidades alimentares exclusivas. As necessidades nutricionais individuais são únicas para cada pessoa e devem ser discutidas com o obstetra. De preferência, a nutrição ideal deve ser praticada antes da concepção, uma vez que muitos defeitos de nascimento ocorrem antes da mulher saber que está grávida. Períodos vulneráveis do desenvolvimento fetal são indicados no quadro abaixo. O dano mais grave às estruturas orais desde exposição a toxinas até deficiências nutricionais tem mais chance de começar a ocorrer em 6 a 8 semanas de gestação.7

Períodos vulneráveis do desenvolvimento fetal

Image 13: Chart of vulnerable fetal development
          Fonte: UCLA Institute of the Environment and Sustainability.13

Recomendações alimentares antes da concepção incluem tomar vitamina pré-natal com 400 mcg de ácido fólico e incorporar alimentos ricos em folato, como verduras escuras, frutas cítricas, grãos fortificados e cereais.

Recomendações nutricionais antes e durante a gravidez incluem um adicional de 300 calorias/dia a partir do quarto mês de gestação até o parto. (atenção: muitas calorias podem aumentar a chance de a mãe desenvolver hipertensão, diabetes, pré-eclâmpsia, parto prolongado e malformações congênitas). Outras considerações nutricionais incluem proteína adicional para o desenvolvimento do tecido fetal, cálcio, fósforo e vitamina D para remineralização óssea e calcificação de dentes decíduos, e um aumento adicional de 25% em líquidos é necessário para dar suporte ao volume de sangue materno.7

Alimentos como ovo cru, carne, queijo mole e suco não pasteurizado devem ser evitados, pois podem causar doenças transmitidas por alimentos e danos ao feto em desenvolvimento. Estimulantes, como cafeína, álcool, tabaco e medicamentos prescritos e não prescritos passam pela barreira placentária e podem afetar o crescimento e o desenvolvimento.7

A fissura labial e do palato ocorre em cerca de 2 a cada 1.000 bebês nascidos a cada ano, sendo um dos defeitos congênitos mais comuns. A fissura labial e do palato está associada a uma grave deficiência de ácido fólico durante a gravidez. Como os efeitos da deficiência de ácido fólico ocorrem nas primeiras semanas de gestação, muitas vezes as mulheres que percebem que estão grávidas e as mulheres em idade fértil devem se certificar de ingerir ácido fólico suficiente todos os dias. Por essa razão, o pão é fortificado com ácido fólico desde 2006.1

Image 14: cleft lip
Lábio leporino incompleto: tipo de linha média rara.
Fonte da imagem: ©2003 Lippincott Williams & Wilkins.