Programas de saúde pública

Os selantes de fóssulas e fissuras podem ser aplicados em muitos ambientes, de modo que é um procedimento portátil. Isso levou a muitos usos na odontologia em saúde pública. A maioria dos estudos históricos usados para determinar a eficácia dos selantes dentários foi feita no contexto da saúde pública. Como esse procedimento pode ser feito com equipamentos e custos mínimos, pessoas com problemas de acesso podem ser atendidas. Há programas, como “Seal America”, que fornecem recursos para grupos comunitários iniciarem programas de selantes.

Tem havido mais foco na saúde de base populacional em nível estadual e nacional. O Serviço de Saúde Pública dos Estados Unidos estabeleceu, para o ano de 2020, o objetivo nacional de saúde de aumentar a proporção de crianças e adolescentes que receberam selantes dentários em seus dentes molares. A lei 660 do Senado do Oregon afirma o seguinte: “Usando dados baseados em evidências e melhores práticas, a Autoridade de Saúde do Oregon deve promover a saúde bucal em todo o Estado, garantindo a disponibilidade de programas de selante dentário para alunos que frequentam a escola no Oregon.” Por outro lado, a Campanha Dentária para Crianças do Pew divulgou um relatório com foco na prevenção, examinando os esforços dos Estados em melhorar o acesso a selante para crianças de baixa renda. Esse relatório indica que 35 Estados e o Distrito de Columbia não têm programas de selantes na maioria das escolas de alta necessidade, aquelas com uma alta proporção de crianças com maior risco de cárie. Infelizmente, quatro Estados não possuem nenhum programa nessas escolas.