Conclusão

Selantes dentários são uma prática clínica baseada em evidências recomendada por agências federais (Centros de Serviços do Medicare e Medicaid; Centros de Controle e Prevenção de Doenças; Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos EUA), bem como por organizações profissionais (Associação Norte-Americana de Odontologia; Academia Norte-Americana de Odontopediatria), como um método preventivo eficaz para evitar lesoões de cárie em dentes permanentes de crianças. Os selantes dentários realmente são mais um elo na odontologia preventiva. Pesquisas em andamento continuam a considerar esse procedimento efetivo, seguro e de custo baixo o suficiente para que toda a população possam ter acesso a esse serviço. Com o uso de fluoretos, avaliações odontológicas regulares, educação do paciente, controle de placa, redução da exposição ao açúcar e o uso de selantes dentários, gerações sucessivas terão dentições saudáveis e sem restaurações.